Pesquisadores afirmam que o vírus HIV pode se esconder na medula óssea

Dra. Kathleen Collins da Universidade de Michigan e sua equipe publicaram no jornal Nature Medicine, que o HIV pode infectar células imaturas na medula óssea e permanecer em estado de incubação e acompanhar estas células quando elas se transformarem em células sanguíneas, voltarem a se reproduzir e atacar o sistema imunológico.
A artimanha no HIV faz com que ele evite contato com as drogas, podendo despertar posteriormente para desenvolver a síndrome da AIDS. A descoberta pode ajudar no desenvolvimento de futuras vacinas e remédios. “Se um dia queremos encontrar uma maneira de livrar as células, o primeiro passo é entender” onde uma infecção latente pode ocorrer, afirmou a pesquisadora.
A descoberta pode fazer os médicos entenderem como as drogas não conseguem eliminar o vírus, e obrigam pacientes a ficarem dependente dos medicamentos ou as infecções reaparecem. Para os pesquisadores, este refúgio do HIV indica que a doença se esconde e retorna quando a terapia com drogas é interrompida.

Fonte: Blog TVHG – Parceiro