Amapá tem 17 mortes decorrentes da aids em 2013

Dados do primeiro semestre deste ano revelam os números da aids no Amapá. Nos primeiros seis meses de 2013, 17 pessoas morreram em consequência da doença no estado. Os números são do Centro de Tratamento Aconselhado de HIV/AIDS do Amapá (CTA), o departamento responsável pelo acompanhamento do portador do vírus.

A enfermeira responsável pelo CTA, Adriana Coimbra, afirma que as mortes são de pacientes que por algum motivo abandonaram o tratamento, que consiste no acompanhamento médico e grupos de orientação.

Atualmente, 1.375 adultos infectados pelo HIV são atendidos pelo CTA, num total de 786 homens e 589 mulheres. Crianças também recebem tratamento no centro. Atualmente, são 24 meninos e 29 meninas menores de 13 anos.

Dados do CTA informam que de janeiro a maio de 2013, 89 novos casos de aids foram detectados no Amapá.

Teste rápido de HIV

O CTA realiza o exame de HIV gratuitamente, o resultado é divulgado somente ao interessado que tem acesso à conclusão do teste em até 2 horas após a coleta de sangue, segundo informou Adriana Coimbra. “Caso o resultado dê positivo, o CTA realiza o acompanhamento do paciente”, enfatiza.

O exame é feito de segunda à sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h. O CTA está localizado na Rua Jovino Dinoá, nº 2004, no centro de Macapá. Além do exame, o CTA realiza distribuição de preservativos. A enfremeira conta que cerca de 500 preservativos são distribuídos diariamente no Amapá.

Fonte: G1