Vigília à luz de velas para lembrar os mortos por Aids

Acontece esta tarde a 10ª edição do protesto À luz de velas, o Candlelight. A partir das 15 horas, a escadaria do prédio da antiga Secretaria Estadual de Saúde (Fusam) será tomada por velas para homenagear as pessoas que vivem com HIV/AIDS, as que já faleceram vítimas da doença e os ativistas que lutam por direitos como vacina anti-HIV, acesso gratuito aos medicamentos e por um atendimento de saúde humanizado.

Com o tema “Promoção da Saúde e Dignidade Juntos”, a vigília este ano pretende promover uma reflexão do Movimento AIDS em Pernambuco, com a presença de pessoas vivendo e convivendo com HIV/AIDS, familiares dos mortos, além de representantes dos profissionais do sexo, movimentos evangélicos, organizações governamentais e não governamentais que atuam com a temática.

No Recife, o ato é organizado pela ONG Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP ). A mobilização Mundial em Solidariedade ás pessoas Afetadas pela Aids começou em 1983, quando algumas pessoas com Aids, nas cidades de São Francisco, Los Angeles e Nova York, realizaram uma caminhada com velas pelas ruas dessas cidades para lembrar os mortos por Aids e chamar a atenção da população e dos governantes para que apoiassem as pessoas que viviam com a doença.

De acordo com o boletim epidemiológico de 30 de abril de 2012, uUm total de 25 milhões de pessoas no mundo já morreram vítimas da epidemia e 12 milhões de crianças se tornaram órfãs, devido esta doença, além do crescimento da epidemia entre populações pobres, principalmente entre as Mulheres. Pernambuco tem 16.976 casos de AIDS e 7.448 mortos.

Fonte: Pernambuco.com

(Visited 1 times, 1 visits today)